Dúvidas frequentes

O que é a Casa do Bom Menino?

É um Serviço de Acolhimento Institucional que oferece acolhimento provisório para crianças e adolescentes de ambos os sexos, afastados do convívio familiar por meio de medida protetiva de abrigo (ECA, Art. 101).
Muitas pessoas confundem o Abrigo como medida de punição e isso é um engano. Na Casa do Bom Menino, as crianças e adolescentes estão sob medida de proteção.
O atendimento deverá garantir privacidade, o respeito aos costumes, às tradições e à diversidade de: ciclos de vida, arranjos familiares, raça/etnia, religião, gênero e orientação sexual. Deverá também ser personalizado e em pequenos grupos e favorecer o convívio familiar e comunitário, bem como a utilização dos equipamentos e serviços disponíveis na comunidade local.

Por que as crianças ou adolescentes vieram pra cá?

Por motivo de abandono ou quando a família encontra-se temporariamente impossibilitada de cumprir sua função de cuidado e proteção.

Como eles vêm parar aqui?

São encaminhados pela Vara da Infância e da Juventude ou pelo Conselho Tutelar.

Quando eles chegam, como são recebidos?

As crianças e adolescentes devem ser recebidas da forma mais acolhedora possível, com cuidado e sigilo. São apresentadas aos companheiros e à equipe que será responsável pelo seu atendimento e conhecem o espaço físico do abrigo.
A partir dos dados levantados no momento do acolhimento e conhecimento pleno das determinações judiciais, a equipe do abrigo deverá iniciar uma série de levantamentos de dados a partir de atendimentos individualizados à criança e/ou adolescente e à família de origem e família extensa.

Até quando eles ficarão por aqui?

Após este período de acolhimento, a equipe do abrigo passa a construir o Plano de Atendimento Individual de cada criança. Este plano deve contemplar a educação, convivência familiar e comunitária, saúde, convivência no abrigo e a profissionalização.
Com este Plano em ação, a criança/ adolescente permanecerá aqui até que seja viabilizado o retorno ao convívio com a família de origem ou, na sua impossibilidade, encaminhamento para família substituta (adoção).

O que a Casa do Bom Menino oferece pra eles?

Oferecemos condições adequadas de habitação, vestuário, alimentação, escolaridade, preparação e encaminhamento para o mercado de trabalho.
Também promovemos a participação em atividades culturais e esportivas, conforme normas previstas no Estatuto da Criança e do Adolescente.

E quando completam 18 anos? Para onde eles vão?

O atendimento é personalizado, ou seja, trabalhamos com cada adolescente de forma individualizada. Esperamos que quando chegar aos 18 anos, já teremos trabalhado junto com eles o vínculo familiar, a socialização, maior participação na comunidade, a autonomia, a responsabilidade e a profissionalização.
Desta forma, o que importa não é meramente a questão da idade, mas o acompanhamento e a preparação para que eles possam ser autônomos e capazes de realizar seu Projeto de Vida.